quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

It's another perfect day! =D


OK, noite...
Onde começou mal,
já estava no quentinho,
quando aquele panda decide me arrancar de casa...

Adiante,
fomos ás compras,
eu entretido a fazer relatórios do que se passava á Lili,
enquanto o panda depressa encontrou o que queria...(ou fartou-se de levar com os meus conselhos de roupa!)

Encontramos a Tânia,
quem já não via ha coisa de dez anos (diz ela lool),
vi o Leites (Luís segundo a Tânia que constantemente se enganava no nome =D ) ficar noivo dela,
por conseguir arranjar uma maquina de lavar a 75 euros ( só eu não fico noivo assim com esta facilidade looool ).
Lá fomos convidados pa tomar café (que não tomamos)!
Fomos passear mais um pouco, vimos os tristes dançar no shopping,
engraçado porque no meio dos tristes aquilo até parecia uma fogueira (era cada brasa!!!).
Comi um bolo de chocolate, entretanto a noiva do "Luís" tem um repentino desejo por gelado de chocolate!
Ok e lá foi o noivo comprar!
Mais engraçado que a dança, porque descobrimos que alguém o seguia,
uma outra Tânia, que sabia onde trabalhava e por sinal lhe atendeu na loja dos gelados..
Escusado dizer que não gostou de mim...
Deu-me uma dor de cabeça, culpei o chocolate (do bolo) e ela pensou que era do cheiro do gelado (convencida pah!!),
E entre talão com chantili e talão sem chantili facturou-se três gelados lol
O noivo mata o desejo da noiva, que já farta de tar no trabalho nos mandava calar constantemente =D

Lá saimos nós todos contentes,
até que a máquina do multibanco não dá notas de 5 euros á noiva,
sorte da máquina que apenas levou um insulto (lool),
Já dentro do carro, seguimos em busca da Cris.
Durante a viagem recebo não uma mas duas sms,
peço ao Leites pa ver quem era, e o estapor lê a mensagem (e eu falei português)...
e recebo mais uma sms,
onde parvo lhe pergunto se respondeu á primeira (lool),
chegamos.
Entre sms's, dar a volta ao carro, ter atenção ao que se dizia,
não dei uma pá caixa...
Nem respondi ás sms's, nem dei a volta ao carro nem dei fé de me apresentarem a Cris..
Que uns metros á frente ficou parva por perguntar o nome dela (memória tão boa Sôr Bide lool)

Lá iamos nós (ás grandes voltas até entrar na vci) até á foz!
Viagem alucinante!
Aprendi nessa viagem (a tar calado, que ganhava mais),
e também vi uma teoria minha ser provada (há sempre alguém pior, neste caso com pátuá),
onde perdi logo 2 pontos, e também mais á frente toda a esperança de dar a volta ao resultado...
Pelo caminho a noiva tem um desejo, outro desejo...
Queria escrver numa palmeira!
E lá fomos nós em busca da palmeira perdida!
Estaciono em frente a uma, todo contente (ah ha achei uma),
logo fiquei triste...
a noiva diz-me "esta não!"
E pronto... lá fomos nós, desta vez a pé, com um frio que até escaldava a pele!
E lá me lembro, já não tou a conduzir, tinha algo pa fazer...
E lá respondi á sms da Lili (desculpa a demora).
Cerca de 50 metros adiante,
voltamos pra trás, já que não se avistavam palmeiras...
A Cris lá se lembra que tem um jardim lá perto onde tem bastantes,
e siga pa bingo!
Onde a metade do caminho voltamos pra trás em busca do carro (obrigado por virem senão tinha de o ir buscar sozinho lol)...
Dentro do carro, em direcção ao parque,
lá vimos a vasta montra de carros, com vidros embaciados,
e a Cris a dizer á Tania que hoteis já tavam fora de moda e que há que mudar!
Daí os vidros embaciados (tavam todos a dormir!).

Já no parque, a escolhida palmeira apresenta-se diante dos olhos da noiva!
Agora para escrever,
as chaves do noivo, que não deram...
Cavalheiro como sou, ofereci as minhas (graxista pah =D),
Então a noiva decide despachar a Cris e eu a acompanho,
tive de fugir da mãe (noiva) pra conseguir tal tarefa!!!
Ha!!!
Não esquecendo a parte em que a Cris parte uma das "coisinhas" da palmeira,
o que ainda vai dar que falar,
porque não se sabe ainda onde ela se cortou!
Seguindo, todos juntos já,
eu a olhar para as chaves,
porque segundo o mais recente casal disse terem partido uma chave,
e eu a conta-las, já com o cerebro todo torcido porque não lembrava quantas tinha...
Felizmente foi a brincar.

Mais á frente começamos a ouvir um ruído estranho,
e corremos todos assustados e só o noivo ficou a rir (porque o nabo já sabia o que era)...
E não, não digo o que era o ruído!

Então a parte mais engraçada,
onde a Cris decide ir com a noiva escrever numa palmeira, sozinhas...
Descubriu-se que não era bem isso,
a policia pôde-o testemunhar! (Apanhada, haha!)
Pôde, porque a Tânia em vez de ocultar a situação decide fugir (escandalosamente)...

Enquanto isso o Leites decide sozinho ir "escrever numa palmeira" (lol escrever em palmeiras é o que tá a dar =D),
Eu sozinho penso numa forma de redimir no resultado da batalha com a Cris...

A caminho do carro, lá se ouve mais um ruído,
um gato...
Noiva em fuga, ela detesta gatos!!! (lool)
Aterrorizada com o brilhar dos olhos,
onde estanca no lugar e no tempo, coladíssima a olhar para o gato!
Poucos momentos depois o medo apodera-se da noiva,
onde pergunta se é mau sinal, e eu digo que os gatos têm os olhos do diabo...
OK, fui mau, não devia ter dito, pelos olhos que me deitaste fiquei logo arrependido!
"É mesmo? O gato vai-me rogar pragas!"
A Cris lá a acalma dizendo que não vale a pena, senão o gato vai ogar uma praga em cima da outra ja rogada...
Resultou, fantástico!
Lá se vai o gato, cá estamos de novo no carro, onde ainda dormiam lá pessoas bem juntinho (lool).

É ai que penso dar a volta ao resultado (sim, penso),
ofereço uma pequena flor com uma folhita amarela do outono,
uau, até que teve a sua pitada de romantismo,
até a noiva ficar com ciúme...
"E a minha?!?!"

Mais á frente depois de perder ainda mais pontos,
descubro que a flor de nada serviu...
"se me queres comprar com uma flor não consegues,
há assim uns lcd's, daqueles que se pendura nas paredes, sabes?"
Sussurra-me ela em tom de gozo (continuo a dizer que tava num dia mau!)...

Lá decidimos nós ir tomar o dito café,
a Cris vê o seu talentoso e charmoso George Clooney,
isto porque o cobiçava todo uns minutos antes durante uma conversa de máquinas de café..
E onde por volta das quase duas da manhã,
o rapaz lá nos diz que a máquina já não dá pa tirar cafés...
A unica parte boa é que o Leites dá o seu maço de tabaco a um velhito,
e levou um sermão sobre deixar de fumar!!! (toma panda haha!)
E a Cris se levantou e foi embora com uma originalidade tremenda,
que nem vou contar aqui!

Decidimos então ir a uma bomba de gasolina tomar o café (que repito, não tomamos),
lá vamos nós a subir Fernão Magalhães onde parados num semáforo,
(quase) todos dizemos algo sobre um poster de publicidade, onde se figurava a Cláudia Vieira,
diga-se de passagem que é muito melhor que George Clooney lool),
quem não comentou logo se arrependeu...
Eu com ar de gozo, alto e bom som digo para o noivo;
'Num dizes nada? É por tar aqui a tua noiva é?' (LooL =D)

Lá chegamos nós á bomba!
Onde finalmente se descobre que ninguém quis café...
Queriamos chocolate quente! (e viva o chocolate!)
Lá foram os tristes homens busca-los...
Dentro do carro, eu todo receoso de entornar o precioso chocolate quente (sim porque tava um briol do caraxas!),
e a Cris lá me rouba mais um ponto,
quando diz "foi por esses teus lindos olhos que não te levou dinheiro" (porque eu paguei o dela, digo eu, troquei tanta moeda com o Leites que já nem sei quem pagou a quem lool),
e eu de rajada vou buscar 4 pontos (já se vai saber porquê),
ao tirar do casaco um pacotinho de Ferrero Rocher (de 4 unidades, daí os 4 pontos hehe),
e digo que foi graças aos meus lindos olhos que vão comer os chocolates!
Ok, mais um momento romantico e tal, que não durou muito...
Não sei que viu no tal lcd (branco), que até acho que o preferia ao George Clooney!
E lá vamos pra casa,
levamos a Cris, onde depois de tanto ponto perdido, consigo um ultimo a meu favor(acabei por perde-lo e uns tantos mais antes de ela ir),
quando ela me diz como devo dar a volta ao carro, e eu faço de forma diferente (haha gotcha =D).
Palavra puxa palavra,
a Tânia anestesiada pelo sono, quase suplica para a Cris ir embora (onde ela tira partido disso e fica mais um pouco),
durante esse tempo lá descobri que estimava as prendinhas que dei (ou era só filme, mais um ponto pa ti),
e descobri que estava anciosa por saber que mais iria conseguir eu para a surpreender numa próxima!
Next, Tânia!
Onde pelo caminho lhe pergunto se no dia seguinte se iria lembrar que tem um noivo (porque a Tânia tem, diga-se assim, uma coisa gira de se descobrir relativamente ao sono dela lool),
e ela diz que sim, como todos diríamos, sim claro (lool)!
Lá a deixamos em casa,
onde antes de ir embora lembra a todos que o Leites tem de fazer o pedido de noivado,
hoje (3-12-2008) via Hi5!
E para não se esquecer da máquina domingo! (lool a mulher não esquece nada, nem com o sono!)
A parte de os homens irem para casa, fica por saber já que é conversa de homens e não sei se mulheres vão ler...
Aliás, sei que mulheres vão lêr e não vamos estragar a noite!
Porque como disse, tava num dia mau...
E porque hoje jantei no quarto a escrever isto e a comida arrefeceu!
E mais!
Deixei a Lili á espera para ver, e é muito mal educado deixar uma senhora á espera =D
Safei-me haha! =D


"I still believe it when you say,
it's another perfect day!"

1 comentário:

Andreia disse...

Há dias perfeitos, com as pessoas perfeitas!

Beijo*