terça-feira, 16 de setembro de 2008


Viraste o meu mundo de pernas para o ar,
voltaste a sobrepo-lo subtilmente no seu lugar...
Mas não há como,
como duas gotas de chuva não caem,
exactamente no mesmo local,
não podemos ser o que um dia fomos...

Crescemos, somos diferentes,
temos opiniões, certezas e objectivos,
diferentes, marcantes, distintos!

É o que nos separa,
mesmo assim custa...
É verdade sim, estar sem ti custa-me!
Mais uma vez to escrevo...

Desculpa se preciso tanto de ti,
é que fazes imensa falta aqui! ='(


Where's my soul today?

3 comentários:

Mel disse...

Where's my soul today?

Está no coração dessa pessoa que é muito especial para ti (:
as saudades são como espinhos, mas são sempre uma prova de amor (:

beijo **

Annie disse...

Compreendo bem as tuas palavrinhas *

Lena disse...

Achas que deves pedir desculpa?? Acho que tens de te orgulhar daquilo que sentes.